Clã Kardashian ganha ação milionária

09/02/2019 - 10:00 | Por: Circolare

Imagem: Reprodução

Como se não bastasse todo o dinheiro que já possuem, as irmãs Kardashian acabam de ganhar um processo milionário. As socialites venceram uma ação judicial contra uma empresa de cosméticos e irão receber 10 milhões de dólares de indenização, algo em torno de 37 milhões de reais.

Segundo o site TMZ, as irmãs foram processadas há três anos por quebrarem um acordo de licenciamento da linha “Kardashian Beauty” da empresa Hillair Capital Management.

Decolar.com é processada por cobrar tarifas mais altas de brasileiros

06/02/2018 - 12:00 | Por: Circolare

Uma investigação de um ano e meio realizada pelo MPRJ, entre 2016 e 2017, identificou que a empresa “decolar.com” cobrava mais de brasileiros por diárias em hotéis do Rio e São Paulo, para o mesmo período, em relação aos preços ofertados a estrangeiros.

Das 70 simulações realizadas pelo MP para locação de quartos de hotéis na condição de brasileiro, argentino, espanhol e americano, 40 delas apresentaram preços superiores para uma mesma habitação em igual data para os brasileiros. Em um dos casos simulados no início da investigação, em 2016, o preço para os brasileiros era 30% superior ao ofertado a argentinos, para hospedagem durante os jogos olímpicos no Rio. Cerca de um ano depois, foram colhidas novas evidências de que a empresa continuava com as mesmas práticas: a diferença de preços para consumidores brasileiros e argentinos para idêntico padrão de acomodação em idêntico período no mesmo hotel chegava a 49% em um hotel de São Paulo.

O MPRJ pediu reparação de danos morais coletivos no valor de 57 milhões de reais.

Tom Cruise e diretor do longa “Feito na América” são processados por morte de piloto

21/09/2017 - 10:00 | Por: Circolare

Segundo o site “NY Daily News“, Tom Cruise e o diretor Doug Liman, do longa “Feito na América”, estão sendo processados pelos advogados de Alan Purwin e Carlos Berl, pilotos que morreram durante as gravações do filme “Feito na América” em um acidente com seu avião, que caiu nos Andes, na Colômbia.

Dentre os documentos entregues ao juiz, está um em que o piloto Alan Purwin relata e reclama a um dos produtores do filme sobre as “manobras perigosas” que ele iria executar.

A matéria ainda indica que a responsabilidade atribuída a Cruise é parcial, e que a responsabilidade nos papéis é atribuída à produtora Cross Creek Pictures junto com outras duas produtoras envolvidas durante as filmagens.

Apesar do filme ter estreado neste mês, o acidente com Alan e Carlos aconteceu em 2015.

Revista pagará indenização de 100 mil euros por publicar fotos de Kate Middleton de topless

06/09/2017 - 10:00 | Por: Circolare

Lembra da revista francesa “Closer” que publicou fotos de Kate Middleton de topless em 2012, tiradas em Provence, na França (como contamos aqui), onde a duquesa passava férias com o marido em uma propriedade do sobrinho da Rainha Elizabeth II, Lord Linley?

Um tribunal francês decidiu multar a publicação em 100 mil euros e, pelo menos seis pessoas serão punidas, inclusive dois fotógrafos, o então editor da “Closer” e o diretor-executivo do grupo italiano.

O valor pedido por Kate e pelo príncipe William foi de 1,5 milhão de euros.

Ação coletiva nos Estados Unidos esta processando a Disney por colher informações de crianças

07/08/2017 - 19:00 | Por: Circolare

Imagem: Reprodução

Atenção papais de plantão! A Disney está sendo processada em uma ação coletiva, por aparentemente coletar e vender os dados dos pequeninos que utilizam os aplicativos sob a assinatura da empresa. Segundo a acusação, as informações que estariam sendo coletadas são a localização geográfica e histórico de navegação, tudo isso sem o consentimento dos pais.

Para ler uma matéria completa sobre o assunto clique aqui. Assim como você deve imaginar a Disney não quis comentar sobre o assunto.

Filhos de Michael Jackson devem pagar dívida milionária a famoso produtor musical

28/07/2017 - 14:00 | Por: Circolare

Depois de uma disputa na justiça, o empresário musical e produtor Quincy Jones teve um veredito a seu favor. Jones havia entrado na justiça contra os herdeiros de Michael Jackson devido a falta de pagamento por royaties e taxas referentes a produção de músicas do rei do pop.

O valor que o produtor deve receber? 9,4 milhões de dólares. Em comunicado Quincy Jones disse que o processo nunca foi contra Michael e sim uma forma de proteger o trabalho de estúdio e o legado de suas criações.

Assim como já era de se esperar, a família do cantor pretende recorrer da decisão.

Demi Moore enfrenta processo

06/05/2017 - 10:00 | Por: Circolare

Lembra que contamos aqui em 2015, sobre o corpo que foi encontrado na piscina de Demi Moore? Pois é, dois anos depois do episódio, a atriz enfrenta um processo sobre o ocorrido.

Segundo a polícia, o homem, na época caseiro de Moore, fez uma festa pequena para alguns amigos durante uma viagem da atriz, e avisou os convidados que não sabia nadar, até que tropeçou e se afogou.

Dito isso, os pais da “vítima” decidiram processar a atriz pois na piscina não havia indicadores de profundidade ou qualquer outro tipo de sinalização.

O valor ainda não foi mencionado, mas aguardamos as cenas dos próximos capítulos.

Imagem: Reprodução

Guga perde processo fiscal e é condenado a pagar R$ 7 milhões

24/11/2016 - 12:00 | Por: Circolare

O ex-tenista Gustavo Kuerten teve negado o recurso de um processo administrativo que tramita no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) da Receita Federal.

A audiência em Brasília, nessa quarta-feira (23), terminou em 4 votos a favor do ex-tenista e 4 votos contrários. Com o empate, o presidente do tribunal precisou votar novamente e foi contra o recurso da defesa. Com isso, o Carf condenou Guga a pagar R$ 7 milhões no caso.

O ex atleta é acusado pela Receita Federal de ter usado a empresa Guga Kuerten Participações e Empreeendimentos – constituída por ele e pelo irmão Rafael Kuerten para a exploração de sua imagem – para pagar o imposto de renda como pessoa física, com alíquota de 20%, em vez de 27,5%, como pessoa jurídica, entre 1999 e 2002.

O ex-tenista agora vai recorrer em instância judicial.

“É lamentável a decisão desse processo administrativo da Receita Federal e do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, por voto de qualidade, em função do empate no julgamento, que me força a pagar como pessoa física os contratos de uso de imagem nesse período, de 1999 a 2002”, disse Guga.

 

Tags: ,

Após vazamento de edição ainda não publicada, PLAYBOY intensifica luta pela valorização da mulher e de seus direitos

26/10/2016 - 18:00 | Por: Circolare
 Na última sexta-feira (21), a Playboy foi vítima de um vazamento de informação confidencial. No final da tarde, alguns grupos do Facebook começaram a receber fotos do ensaio principal da revista, que só chega nas bancas nesta terça-feira (25).

Ter as imagens vazadas antes mesmo de chegar as bancas é um crime grave: não se trata apenas de pirataria, o que já não é pouco, trata-se de violação de direitos autorais e informação confidencial, tanto da editora, quanto da estrela de capa, Nyvi Estephan.

Abaixo você confere entrevista concedida pelo Dr. Guilherme Henn do escritório Zucolotto Sociedade de Advogados, responsáveis pelo departamento jurídico da marca.

O que aconteceu com a edição da Nyvi?

Na última sexta-feira nos deparamos com as imagens do ensaio dela na internet. Isso chocou muito a empresa porque a revista estava saindo para a distribuidora. Ela só chegará as bancas amanhã. Isso é violação de direitos autorais, um crime grave.

Mas é fato que as fotos da PLAYBOY sempre param na internet. Qual a diferença de isso ter acontecido poucos dias antes?

Quando as fotos vão parar na internet, trata-se de um crime também, que inclusive prejudica imensamente nosso negócio. A pirataria hoje é tão recorrente que muitos esquecem, mas trata-se de um ato ilegal. No entanto, o que aconteceu na última sexta, vai além de pirataria, estamos falando de vazamento de informação confidencial. As fotos não poderiam ser vazadas dessa forma. Elas são de direito autoral da editora e da garota de capa.

Muitas fotos, vídeos e áudios são vazadas e ficam por isso mesmo. Vocês pretendem tomar alguma atitude?

Não nos indignar com isso, e ‘deixar quieto’ é corroborar com pessoas que não valorizam e não respeitam a mulher e isso é inadmissível para a PLAYBOY. Desde que mudou de editora, a marca vem lutando para que o respeito à mulher vigore, independentemente de suas decisões. Não podemos nos calar. Não é porque a Nyvi está nua na revista que ela pode ter sua nudez violada, roubada e exibida. A Nyvi está nua em um trabalho artístico, que ela optou fazer, e pelo qual ela ganha com a venda. Ter suas imagens vazadas é um crime contra os seus direitos.

Quais os próximos passos da PLAYBOY?

Neste momento estamos apurando e levantando todas as informações sobre o ocorrido, com o intuito de punir os culpados pelo vazamento das informações para garantir que responsáveis sejam punidos. Além disso, isso nos dá força para botar de pé um projeto que estamos elaborando há 3 meses. Queremos levar ao Congresso um pedido que regulamente os direitos que a mulher tem sobre as imagens de seu próprio corpo. Nesta edição da revista tem uma extensa matéria falando sobre a covardia dos que vazam nudes como forma de vingança. Queremos ser um braço amigo e apoiador das mulheres nessa luta e vamos usar nossa força para que o Congresso dê a atenção que esta causa merece. As mulheres podem sim se fotografar nuas e enviar para quem elas quiserem, o crime está no fato dessas pessoas compartilharem imagens que não lhes pertencem.

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Jim Carrey é acusado de ter comprado drogas que mataram sua ex-namorada

20/09/2016 - 10:00 | Por: Circolare

Jim Carrey foi acusado por ter comprado as drogas prescritas que mataram sua ex-namorada, a maquiadora Cathriona White, há um ano . O processo contra o ator é do ex-marido de Cathriona.

A ação menciona que três tipos diferentes de pílulas foram encontrados em um frasco com o nome de Athur King, que seria um pseudônimo de Carrey.

Ainda segundo a ação, Carrey teria dado o frasco com as pílulas para Cathriona três ou quatro dias antes da morte dela. O processo acrescenta que o ator sabia que a ex tinha tendência à depressão e já havia tentado se matar.

O ator já se manifestou e se defendeu da acusação: “Não vou tolerar essa tentativa desumana de me explorar e explorar a mulher que amei. Os problemas da Cat começaram bem antes de eu conhecê-la e, infelizmente, o fim trágico dela foi além do controle de qualquer pessoa. Eu realmente espero que em breve as pessoas parem de tirar proveito disso e a deixem descansar em paz”, disse.

Cathriona White jim carrey