Surfista mordido no rosto por tubarão em Noronha quer voltar a pegar ondas

15/02/2019 - 16:07 | Por: Circolare


Um novo incidente envolvendo tubarões foi registrado na ilha de Fernando de Noronha nessa quinta-feira (14). O surfista Vinícius Cavalcanti, de 31 anos, morador do local, foi mordido no rosto enquanto surfava na praia Cacimba do Padre. Ele levou 83 pontos e segue internado.

Em postagem nas redes sociais, o surfista diz ter sido “imprudente” por permanecer no mar no fim da tarde e junto a um cardume de sardinhas. “Eu não fui atacado por um tubarão. Eu caí em cima dele, que fez o que qualquer ser faria, apenas se defendeu”, escreveu.

“Mesmo após ver que tinha tubarão na água, continuei ali. E, sabe de uma coisa? Mal posso esperar para estar dentro daquele lugar maravilhoso, pegando essas ondas lindas! Sendo feliz, me conectando ao oceano. O que aconteceu foi um incidente, apenas isso. Aprendi bem a lição, não surfo mais final de tarde, com os bichos ali, se alimentando. Mas, enquanto tiver saúde vou pegar onda, eu preciso do mar!”

Duas crianças são atacadas por tubarão em Nova York

19/07/2018 - 14:00 | Por: Circolare


Duas crianças ficaram feridas em ataques de tubarão na costa de Long Island, em Nova York no primeiro incidente do tipo em 70 anos.

Uma menina de 12 anos e um menino de 13 anos foram socorridos com ferimentos a cerca de dois quilômetros de distância, ao longo da baía de Fire Island, nessa quarta-feira (18).

De acordo com o site da BBC, os médicos extrairam um dente, descrito como “consistente de um peixe grande”, da perna do menino e que está sendo analisado. Ele praticava bodyboarding na praia Atlantique, na cidade de Islip, no momento do ataque.

Já a menina disse que estava de pé até a cintura na água fria e descreveu ter visto uma nadadeira antes de voltar para a praia e descobrir que “minha perna estava com sangue”.

Para se apavorar

05/05/2016 - 17:00 | Por: Circolare

Se você adora um filme que traga a combinação “suspense + tubarão”, estilo imortalizado pelo clássico “Tubarão”- de Steven Spilberg-, uma boa notícia. “Águas Rasas”, estrelado pela bela Blake Lively, promete te fazer roer as unhas.

“Nancy (Blake Lively) é uma jovem que está tendo de lidar com a recente perda da mãe. Ao surfar em uma praia isolada, ela fica presa em uma boia a vinte metros de distância da margem. O que já parecia um grande desafio, se revela ainda mais assustador quando ela descobre que está sendo vigiada por um enorme tubarão branco.” fonte: Adoro cinema

Só para dar um gostinho do que esperar do filme…

Imprescindível – dependendo do seu destino de verão

03/01/2016 - 14:00 | Por: Circolare

Sabe aqueles “kits sobrevivência” para o verão que muitas empresas lançam quando a estação mais quente do ano se aproxima? Pois é, nós temos um item essencial para você colocar em sua necessaire junto com o bronzeador e o protetor solar. Trata-se de um repelente para tubarões.

Ok, pode até parecer certo exagero, mas depois do ataque sofrido pelo surfista Mick Fanning, em julho deste ano, a gente achou que é sempre bom ter um desses dentro da bolsa.

Brincadeiras à parte, o produto está à venda aqui. Na dúvida…

Se você ainda não viu o vídeo vale apertar o play.

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Turista sofre ataque de tubarão em Fernando de Noronha

22/12/2015 - 12:00 | Por: Circolare

Um turista paranaense, de 33 anos sofreu um ataque de tubarão no final da tarde dessa segunda-feira (21), na Praia do Sueste, em Fernando de Noronha, onde viajava de férias com a noiva e o irmão.

Ele teve a mão e parte do braço direito decepados e foi transferido nesta terça-feira para o Hospital da Restauração, em Recife, onde o estado de saúde é estável.

Devido ao incidente, a Baía do Sueste foi interditada para banhos.

Selfies matam mais do que ataque de tubarão

23/09/2015 - 09:00 | Por: Circolare

Tava pensando em comprar um pau de selfie? Melhor pensar duas vezes! O site Mashable resolveu montar um gráfico para mostrar o quão perigoso pode ser tirar uma selfie. O estudo mostra que mais turistas morrem tirando selfies do que atacados por tubarões.

Além de fazer a comparação o site também aponta quais são as duas principais causas de morte por “selfies”. A primeira? Queda! A pessoa fica tão preocupada com a “foto” em si, que acaba se esquecendo que aquele poderá ser o seu último clique. Um exemplo? Um senhor japonês acabou falecendo após cair na semana passada das escadarias do Taj Mahal.

A segunda causa de morte por “selfies” fica para “selfies tiradas na linha do trem”. A combinação por si só não parece boa, e não é mesmo. Na semana passada um jovem americano acabou falecendo após ser atingido por um trem enquanto tirava fotos na linha ao lado da namorada.

Há ainda casos extremos que acabam entrando para as estatísticas, como o rapaz que resolveu tirar uma selfie com um touro em uma daquelas corridas horrorosas que acontecem na Espanha, e acabou morrendo após ser atingido pelo animal enfurecido.

Um retrato da nossa sociedade atual, onde o que vale é postar o melhor clique.

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Mick Fanning volta a surfar

25/07/2015 - 12:45 | Por: Circolare

Mark Fanning, o surfista que quase foi atacado por um tubarão no domingo passado, voltou ao mar.

Quando foi indagado sobre o incidente e quando conseguiria voltar a surfar, ele respondeu: “É um trauma emocional, mental. Não sei quanto tempo vai levar para eu superar isso, provavelmente algumas semanas ou alguns meses. “.

Mas levou apenas 5 dias e Mick publicou uma foto em suas redes sociais comentando o retorno ao mar. “Primeiro surfe de volta. Me sinto tão bem. Surfei sozinho, mas tinha Andy no meu pensamento. Feliz aniversário, irmão #AIforever”.

Corajoso!

Para se Proteger dos tubarões

23/07/2015 - 15:00 | Por: Circolare

Depois da cena apavorante de Mick Fanning sofrendo um ataque de um tubarão durante uma etapa do WCT, como mostramos por aqui, muita gente anda com medo de entrar na d’água. E se você faz parte deste grupo de pessoas, e está indo para um destino onde ataques de tubarão são costumeiros, que tal anotar a dica de um casal da Carolina do Norte, Estados Unidos?

Os banhistas que viraram notícia esta semana arrumaram uma jeito pra lá de estranho para se proteger. O casal criou uma acessório inusitado. Uma espécie de gaiola feita de metal que podia ser vista à distância, virou a sensação da praia.

Loucura? Pode até ser, mas vale lembrar que as praias da Carolina do Norte sofreram só este ano mais de seis ataques de tubarão, sendo que em dois deles, dois jovens acabaram perdendo membros.

O pior da história? Aparentemente o salva-vidas proibiu a entrada dos pombinhos no mar usando as tais gaiolas.

Agora imagina se a moda pega.

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução