Margareth Menezes se apresentará na cerimônia de canonização de Irmã Dulce no Vaticano

11/07/2019 - 14:00 | Por: Circolare


Irmã Dulce será proclamada santa, pela Igreja Católica, no dia 13 de outubro de 2019, em cerimônia presidida pelo Papa Francisco, no Vaticano, às 10h (horário local).

O sanfoneiro Waldonys e a cantora Margareth Menezes, considerado embaixadores da beata, irão participar da cerimônia na Europa. Conforme as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), o cerimonial do Vaticano vai disponibilizar 15 mil convites para os devotos e admiradores que quiserem prestigiar a solenidade, que será presidida pelo Papa Francisco.

Quem tiver interesse em saber os valores dos pacotes de viagens, pode entrar em contato pelo endereço:[email protected]

Vaticano anuncia que Irmã Dulce será canonizada no dia 13 de outubro

01/07/2019 - 12:00 | Por: Circolare


Irmã Dulce, a primeira mulher nascida no Brasil que se tornará santa, será canonizada no dia 13 de outubro de 2019, em uma celebração presidida pelo Papa Francisco, no Vaticano, em Roma.

Além de Irmã Dulce, no mesmo dia, durante o Sínodo da Amazônia, serão canonizados outros quatro santos, segundo o Vaticano. Entre eles, está o cardeal inglês John Henry Newman, um dos principais intelectuais cristãos do século 19.

O primeiro milagre atribuído a Irmã Dulce e que lhe rendeu a beatificação aconteceu em 2001, quando uma mulher havia sido desenganada pelos médicos depois de dar à luz devido a um quadro grave de hemorragia.

Já a pessoa agraciada pelo segundo milagre de Irmã Dulce reconhecido pelo Vaticano é um homem, que morava na Bahia, e foi curado após passar 14 anos cego.