D.O.M. cai 24 posições em ranking dos melhores restaurantes do mundo

19/06/2019 - 16:00 | Por: Circolare


O restaurante D.O.M. caiu 14 posições no World’s 50 Best, ranking dos melhores restaurantes do mundo eleitos pela revista Restaurant. Ele teve pior a colocação desde 2006, quando apareceu na lista pela primeira vez, em 50° lugar.

Da 30ª posição, no ano passado, ele agora desceu para a 54ª.

Já o Maní, da chef Helena Rizzo, subiu. O restaurante, que ano passado ocupou o 83º lugar, pulou para o 73°.

Dois restaurantes do Rio de Janeiro também estão na lista. Lasai, do chef Rafa Costa e Silva, recuperou a queda dos últimos anos e agora aparece na 74ª posição. A casa era a 100ª da lista em 2018.

Os primeiros colocados, de 1 a 50, serão divulgados em uma cerimônia no dia 25 de junho.

Confira a lista parcial completa dos melhores restaurantes do mundo entre as posições 120 e 51:

51. Reale, Castel di Sangro, Itália
52. Mikla, Istambul, Turquia
53. Arzak, San Sebastian, Espanha
54. D.O.M., São Paulo, Brasil
55. Maaemo, Oslo, Noruega
56. Relae, Copenhague, Dinamarca
57. Nobelhart & Schmutzig, Berlim, Alemanha
58. Sud 777, Cidade do México, México
59. Burnt Ends, Singapora
60. Indian Accent, Nova Delhi, Índia
61. Uliassi, Senigallia, Itália
62. Nihonryori Ryogin, Tóquio, Japão
63. Florilége, Tóquio, Japão
64. The Ledbury, Londres, Inglaterra
65. Selfie, Moscou, Rússia
66. Core by Clare Smyth, Londres, Inglaterra
67. Astrid y Gastòn, Lima, Peru
68. Fäviken, Järpen, Suécia
69. Nahm, Bangkok, Tailândia
70. Saison, San Francisco, Estados Unidos
71. Singlethread, Healdsburg, Estados Unidos
72. Aqua, Wolfsburg, Alemanha
73. Maní, São Paulo, Brasil
74. Lasai, Rio de Janeiro, Brasil
75. Diverxo, Madrid, Espanha
76. Momofuku Ko, Nova York, Estados Unidos
77. Chef’s Table at Brooklyn Fare, Nova York, Estados Unidos
78. Lido 84, Gardone Riviera, Itália
79. Mingles, Seul, Coreia do Sul
80. Estela, Nova York, Estados Unidos
81. Quique Dacosta, Denia, Espanha
82. Enigma, Barcelona, Espanha
83. Dinner by Heston Blumenthal, Londres, Inglaterra
84. Attica, Melbourne, Austrália
85. Amass, Copenhague, Dinamarca
86. Tegui, Buenos Aires, Argentina
87. Martin Berasategui, Lasarte-Oria, Espanha
88. Lung King Heen, Hong Kong, China
89. 108, Copenhague, Dinamarca
90. Alo, Toronto, Canadá
91. Sushi Saito, Tóquio, Japão
92. Harvest, São Petersburgo, Rússia
93. La Cime, Osaka, Japão
94. Aponiente, El Puerto de Santa Maria, Espanha
95. Gaa, Bangkok, Tailândia
96. Belon, Hong Kong, China
97. Vendome, Bergisch Gladbach, Alemanha
98. Anne-Sophie Pic, Valence, França
99. The Jane, Antuérpia, Bélgica
100. Oteque, Rio De Janeiro, Brasil
101. Brae, Birregurra, Austrália
102. Amber, Hong Kong, China
103. Jade Dragon, Macao, China
104. Cococo, São Petersburgo, Rússia
105. Kadeau, Copenhague, Dinamarca
106. Restaurant David Toutain, Paris, França
107. Il Ristorante Luca Fantin, Tóquio, Japão
108. L’Astrance, Paris, França
109. Alcalde, Guadalajara, México
110. Neolokal, Istambul, Turquia
111. Chambre Séparée, Ghent, Bélgica
112. St. John, Londres, Inglaterra
113. Vea, Hong Kong, China
114. La Colombe, Cidade do Cabo, África do Sul
115. Per Se, Nova York, Estados Unidos
116. St Hubertus, San Cassiano, Itália
117. Epicure, Paris. França
118. Ernst, Berlim, Alemanha
119. Atomix, Nova York, Estados Unidos
120. Sugalabo, Tóquio, Japão”
Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/bomgourmet/100-melhores-restaurantes-do-mundo-2019/
Copyright © 2019, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

Italiano Osteria Francescana é eleito ‘melhor restaurante do mundo’

20/06/2018 - 14:00 | Por: Circolare

O italiano Obteria Francescana foi eleito o melhor restaurante do mundo pelo 50 best, nessa terça-feira (19), em Bilbao (Espanha), onde aconteceu a cerimônia do prêmio. É a segunda vez que o restaurante do chef Massimo Bottura em Módena chega ao topo da lista (a primeira vez foi em 2016 e, no ano passado, ficou com a prata).

Em segundo lugar ficou o catalão El Celler de Can Roca e, em terceiro, o francês Mirazur. O nova-iorquino Eleven Madison Park, vencedor no ano passado, agora ficou com a 4ª posição.

O D.O.M., do chef Alex Atala, único brasileiro na lista, ficou no 30º lugar, em comparação ao 16º do ano passado. O peruano Central, de Virgílio e Virgílio Martinez e Pia Leon, na 6ª colocação, foi o mais bom colocado da América Latina.

O prêmio de “melhor mulher chef”, em uma premiação que reconheceu principalmente homens, foi para a britânica Clare Smyth, do restaurante Core, que recentemente foi responsável pela comida do casamento do príncipe Harry da Inglaterra com Meghan Markle.

Alex Atala se prepara para abrir outro D.O.M., dessa vez um hotel

30/06/2017 - 16:00 | Por: Circolare

O restaurante D.O.M., que sempre aparece na lista dos melhores do mundo, do chef Alex Atala, está prestes a virar um hotel.

Segundo o colunista Arnaldo Lorençato, da Veja São Paulo , o chef será dono de um hotel nos Jardins, em São Paulo.

O empreendimento terá o mesmo nome, assim como o famoso restaurante. De acordo com Lorençato, o prédio terá 26 andares, além de uma torre residencial com dez andares; ainda em fase de captação de recursos, a novidade deve ficar pronta em cinco anos.

D.O.M.

16/03/2016 - 11:44 | Por: Circolare

O CEO da Pernod Ricard Brasil, Thibault Cuny, recebeu o diretor global de Luxo e CRM da empresa, Tareef Shawa, em jantar exclusivo no restaurante D.O.M., em São Paulo. Confira quem passou por lá.

Jantar especial no D.O.M

28/08/2014 - 12:00 | Por: Circolare

O chef Alex Atala promove um jantar que celebra um dos grandes nomes da gastronomia japonesa na atualidade: Zaiyu Hasegawa. Chef-proprietário do restaurante Jimbocho Den, em Tóquio, Hasegawa foi convidado por Atala para proporcionar essa experiência exclusiva aos apreciadores da alta gastronomia em sua primeira viagem ao Brasil.

Para deixar o evento ainda mais marcante, as panelas serão divididas com outro jovem talento, neste caso, da gastronomia brasileira: André Saburó Matsumoto, chef-proprietário do premiado restaurante Taberna Japonesa Quina do Futuro, instalado em Recife.

O jantar a seis mãos apresentará criações dos três chefs, no dia 1º de setembro, no D.O.M. Restaurante, em São Paulo. Com ingressos por 2.100 reais, parte da renda será revertida para os projetos de pesquisa de ingredientes (mel de abelhas nativas, cogumelos brasileiros, algas e baunilha do cerrado) do Instituto ATÁ.

Alex Atala não é mais o melhor da America Latina

05/09/2013 - 12:00 | Por: Circolare

Alex Atala não deve estar muito contente hoje. E a gente sabe o motivo. É que o seu restaurante D.O.M, considerado o melhor da America Latina e o sexto do mundo caiu uma posição no ranking da revista britânica”Restaurant”.

O brasileiro perdeu o posto para o peruano “Astrid y Gastón”, do chef Gastón Acurio, e agora é o segundo melhor da America Latina.

Outros oito brasileiros apareceram na lista, entre eles o “Maní”, de Helena Rizzo e Daniel Redondo, que ficou em quinto, e “Roberta Sudbrack”, de chef homônima, que apareceu em décimo lugar.

Destaque para o paraense “Remanso do Bosque”, de Thiago e Felipe Castanho, que ficou em 38º lugar e recebeu o prêmio especial de restaurante com maior potencial para subir de posição, e também entrar entre os destaques mundiais.

ALFA-015-89-ED-1

The World’s 50 Best

30/04/2012 - 18:24 | Por: Circolare

Foi divulgado em Londres, nesta segunda-feira (30), o resultado do prêmio “The World’s 50 Best” da revista “Restaurant” que nomeia os 50 melhores restaurantes do mundo.

O brasileiro D.O.M, de Alex Atala, subiu três posições (de sétimo para quarto lugar). Ele também recebeu o prêmio de melhor restaurante sul americano. Outra grata surpresa foi a subida de vinte e três posições do Mani, ficando agora em 51 na lista.

O dinamarquês Noma manteve a mesma posição e permanece sendo o melhor restaurante do mundo.

Circolo neles.