Não tem preço

04/07/2011 - 17:30 | Por: Circolare

O site Wikileaks lançou um comercial em que provoca a operadora de cartões de crédito Mastercard. Protagonizada pelo fundador do site, Julian Assange, a campanha lembra o bloqueio bancário sofrido há seis meses.

O Wikileaks é alvo de um bloqueio de cinco empresas de pagamento norte-americanas: Visa, Mastercard, PayPal, Western Union e o Bank of America. Elas estão retendo doações feitas por pessoas em todo o mundo que querem prestar apoio à ONG.

O slogan da campanha é bem direto: “Ver o mundo se transformar graças ao seu trabalho: não tem preço. “Existem pessoas que não gostam de mudanças. Para todas as outras, existe o WikiLeaks”. E ai, te lembrou alguma coisa?

Comentários